Algures no mundo

Blind Dates.

Leave a comment

Coisas chatas que acontecem. E embaraçosas.

Peço para falar com o MD. Quando alguém chega (sim, alguém, porque a minha lente decidiu saltar para trás do meu olho, portanto nem consigo ver quem ali está), estou com todos os dedos enfiados no olho, a chorar.

Quero apertar-lhe a mão, mas não dá (dedos nos olhos, certo?). Quero sorrir, mas tenho o olho encarnado ao máximo e devo parecer uma tonta.

Ele olha sem saber o que fazer. Vai dizendo “sorry sorry”, algo típico de cá. E eu cada vez pior. Com o olho a rebolar. Olho para cima, para baixo, para os lados a ver se a lente aparece, e ele à minha frente.

A certa altura lá digo: “Is there a mirror somewhere?”.

Quando chego à casa de banho, ponho a lente. Ajeito-me (saltos altos e vestido impec), volto para perto do senhor…e os meus óculos escuros dão um salto gigante. E vão parar ao chão (os meus óculos novos!!).

Comentário: “oh, first the contacts, then the sunglasses. Not easy today Madam”.

Bem, claramente que não!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s