Algures no mundo

Surf.

1 Comment

Há assim algumas pessoas de quem eu tenho orgulho. No geral.

Uma delas é a minha irmã Kika. No particular.

Há uns tempos (poucos, entenda-se), decidiu fazer um clube de surf na universidade (Nova). Só porque sim. Porque percebe do assunto, porque queria puxar pessoas para o surf, porque queria mostrar Portugal aos Erasmus. E porque sim outra vez. E fez. Entre as pessoas que conhece, a escola de surf que sempre lhe deu apoio e com quem começou a surfar – Centro Internacional de Surf, na Costa -, vários inscritos e muita vontade, hoje fez o primeiro “get together“. Eu fui para tirar umas fotografias (e ver a praia, que já que cá estou pouco tempo é bom ir aproveitando todos os  bocadinhos).

Todos adoraram (ainda que um americano tivesse feito uma pesquisa antes de ir, para garantir a não existência de tubarões por estes lados). E eu adorei pensar que a minha irmã é fixe! (E sim, fixe é um óptimo adjectivo). E portanto…estou orgulhosa! (Mesmo que ela me vá matar por eu escrever isto aqui…que claramente não sai a mim e é muito low profile).DSC_7290peq DSC_7306peq DSC_7315peq DSC_7378peq DSC_7384peq DSC_7414peq DSC_7423pq DSC_7434peq DSC_7453peq DSC_7481peq DSC_7484peq DSC_7552peq DSC_7557peq DSC_7563peq DSC_7582peq(Havia de tudo. quem soubesse fazer, quem não soubesse e quem sabia mais ou menos. Mas no fim todos acabaram todos a pôr-se de pé. Em cima da prancha. Sim, 2 segundos e meio também conta!)

 

Advertisements

One thought on “Surf.

  1. somehow sinto-me excluida

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s