Algures no mundo

Sorte? Às vezes diz que sim.

Leave a comment

Gosto de andar no limbo. Claramente.

Tenho aulas em Paris (a uma hora de comboio) às 13:30. Demoro a chegar à estação, a correr, cerca de 15 minutos. Saio de casa para o último comboio possível. E acho, sabe-se lá porquê, que demoro 20 minutos a andar até à estação (sim, quando demoro 15 a correr).
Começo, a meio do caminho, a perceber que estou frita. Que vou faltar à aula que me anda a custar os olhos da cara (e mais uns dedos).
Nem acredito. Começo a andar um bocadinho mais rápido (ainda assim sei que vou perder o comboio).
E, de repente, ali está…uma senhora pára o carro a perguntar-me onde é o Carrefour. Com a maior das latas digo (no meu francês espectacular): “vou lá para o lado, pode levar-me e eu mostro”.
Pimba. Arranjei boleia. Surreal!
Cheguei a um minuto do comboio chegar!
Oh yeah!!
“Sorte? Sorte nada, Xampa!”
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s