Algures no mundo

D é de Dado. E de outras “Doisas”.

Leave a comment

Maria no seu melhor.
(Pensamento) “Ah, olha, estes senhores idiotas estacionaram onde queria. E ainda por cima vieram da Dinamarca, bem que podiam esperar mais para encontrar um lugar e dar-me aquele”
Quando saio do carro, o senhor diz-me em alemão: desculpe, mas vamos para um casamento e tínhamos pressa.
(Pensamento) “Falam bem alemão, que engraçado. E vir assim da Dinamarca, ok ok”.
Passadas umas horas, vou no carro com o Luís e com a Ana e digo: “este casamento deve ser o mesmo que aquele que estava à frente de nossa casa. E vieram todos da Dinamarca, que giro.”
Diz o Luís: “Mas como é que sabes que vêm da Dinamarca?”
E eu digo o seguinte: “Têm D na matrícula”.
Assim que digo isto, começo a gargalhada, e o Luís diz: “não acabaste de dizer isso, please”.
Lembrei-me lá que D era de Deutschland.
Please kill me. This is as bad as it gets, espero.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s