Algures no mundo

BOM DIA MOÇAMBIQUE.

2 Comments

Um dia penso que não aguento mais não trabalhar.

Ligo para a antiga empresa e peço um projecto. Dizem que sim, que estavam mesmo a precisar. E aproveitam para dizer que me promovem e que vou para…guess where…Moçambique.

É nestas alturas em que penso que tenho um bom anjo da guarda. Ou óptimo. É claramente o Schwarzenegger dos anjos da guarda (e até tive que ver como se escrevia o nome do senhor). Moçambique é dos meus sítios preferidos à face da terra. Tenho aqui dos meus melhores amigos. Está bom tempo e fui promovida. Oh gentxi, se era possível melhor, ainda não descobri como.

Depois de 18 horas de viagem, cheguei (já não aguento aviões). Trabalhei o dia todo e à noite fui-me pôr de plantão à porta de um amigo. DAQUELE amigo. Aquele amigo que quando me viu me disse: “bem, o meu coração acabou de parar 2 minutos”. 

Jantámos os 3 e nem consigo descrever o estado de felicidade em que estou (yes, pai, I’m happy!).

Claro que a ir ter a casa deles com o taxista me deu uma vontade de rir gigante:

“Ah sinhora, num sei onde é essa João Beli”

“Não, João Belo”.

“Ahhhh” (com um ar de quem não fazia a mais pequena ideia de qualquer forma).

Começa a guiar, liga para alguém.

“Sinhor, num sei, João Belo. Pois. Ahhhh, Sim. Bombas. Claro”.

Desliga o telemóvel e continuamos.

Ligam-lhe outra vez, e ele faz o mesmo ar de quem percebeu. Sendo que eu achei que já tinha percebido antes.

“Já sabes onde é?”

“Ihhhh, pois. Sim, quer dizer”.

“Não sabes, certo?”

“Ahahah, pois, mais ou menos”, diz enquanto saca de um mapa que descobri eu mais tarde que tinha apenas 10 moradas escritas. E nenhuma delas a que eu queria.

É o número X, digo-lhe passados 15 minutos de andarmos sem rumo, 10 telefonemas com o “sinhor, mas conseguirmos ter chegado (acho que nem ele sabe como).

“Sinhor”, liga outra vez para o outro, “Estou a pidir localização. Está aqui o número X, mas num apanho o número X+1”.

A certa altura lá lhe digo para me deixar sair e fui perguntar na rua. Era a casa ao lado do X, claro. Como qualquer rua normal. Chegámos. Com muito atraso. E ele com um ar de perdido, mesmo que já nos tivéssemos encontrado.

You gotta love Africa!

photo

Só tenho esta fotografia. Nem consegui uma com os 3, tal era o estado de “vamos conversar” em que estávamos (e de sono, na verdade). Saudades mininos.

Advertisements

2 thoughts on “BOM DIA MOÇAMBIQUE.

  1. Antes que mal pergunte: agora tratam-se os taxistas por tu em Moçambique?
    (Ah, e parabéns pelo anjo da guarda, um assim não é para qualquer um!)

    • Ora, depois daquelas voltas todas (o que implicou muito tempo), senti-me já uma velha amiga (além de que era da minha idade).
      Ah, e obrigada 😉

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s