Algures no mundo

Esta vida de marinheiro está a dar cabo de mim.

Leave a comment

Esta coisa de ter um blog que se chama “algures no mundo” e depois estar há um mês em Portugal, bem, não faz muito sentido. Atenção, digo meio porque Portugal também é algures no mundo e portanto, para todos os efeitos, eu estou algures no mundo. Eu e mais ou menos toda a gente (excepto qualquer astronauta que ande por aí no espaço).

De qualquer forma, a verdade é que esta vida de acordar, ir a fisioterapia, pensar que tenho que pôr o vestido de noiva a lavar e passar (dado que está – literalmente – há duas semanas dentro de um saco do Pingo Doce no banco da frente do carro à espera que eu tenha paciência para ir à lavandaria), escolher músicas para o casamento (really? Porque é que tenho que pensar numa música para se cortar o bolo?), e fazer mais uma série de coisas que são importantes, mas que são pequeninas e portanto nem me lembro delas…esta vida é meia chata. Sim sim, não trabalho. Mas vejo casas – tem sido muito interessante subir lances de escadas de muletas. Na verdade, estou quase a virar ŽYDRŪNAS SAVICKAS – que segundo consta é o homem mais forte do mundo (e tem uns “belos” bíceps).

Bem, relendo a descrição, acho que virei mais ou menos dondoca. Ou dondoca por completo.

Vou só ali atirar-me do terceiro andar. Já volto.

(Ou isso ou vou marcar um bilhete de avião!)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s