Algures no mundo

Mar Morto.

Leave a comment

Esta coisa do Mar Morto, enfim, foi todo um novo conhecimento para mim. Achei que o que se falava de boiar….era mais fácil, sim, mas mais fácil, não impossível não boiar. Pois, acontece que, assim que lá entrei, pensei:

Imagino uma pessoa desgostosa, um dia, toda a vida está a ir mal. “Bem” – pensa ela – “Não quero continuar a viver, vou-me afogar”. Pronto, este seria o maior flop da história. Ela nunca iria conseguir. A sério, até ir buscar lama “lá abaixo” é quase impossível, é como se houvesse uma força a puxar-nos para cima.

Mas dizem que faz bem. Até aqui, concordo piamente. É que dizem que “o que arde, cura”. Tentem deixar que vos entre uma pinga no olho. Bem, meus amigos, aposto que até quem tem 10 dioptrias ficava a ver bem, se formos pelo ditado.

(E sim, entrou-me uma pinga no olho. E eu morri ali um bocadinho).

DSC_0601 DSC_0596 DSC_0621

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s