Algures no mundo

Massagens.

1 Comment

Tenho poucos luxos. (Até porque luxos, como o nome indica, são caros, e tudo o que é caro, deixa-me nervosa).

Mas adoro massagens. Na cabeça, nos pés, nas mãos, nas costas, pescoço, you name it. Massagens são do melhor que há. Quando bem feitas, é preciso dizer. É que senão só me dão mais nervos. Uma vez tive uma que decidiu que me queria era dar festinhas. Foi horrível. A casa festinha eu pensava “é agora que ela vai fazer força”, mas aparentemente não. Nem uma vez.

Ora, portanto, num spa a que fomos, o Luís foi experimentar uma massagem, e eu disse para lhe fazerem com força, porque, na minha opinião, assim é que era bom (e ele nunca tinha levado massagem nenhuma, e como não sabia, dei eu as instruções).

Quando saiu perguntei: “gostaste?”

“Acabei de pagar um balúrdio para alguém me bater”

E pronto, aparentemente ele não ficou com a mesma impressão que eu tenho das massagens.

(Eu acho óptimo, que assim não há dois luxos. Só um!)

Advertisements

One thought on “Massagens.

  1. Ficaste a saber uma coisa que ainda não sabias, que os homens são uns mariquinhas em matéria de massagens.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s