Algures no mundo

Polícia em casa.

1 Comment

E depois há aqueles dias em que a pessoa está muito bem em casa, e tocam à porta. 10 da manhã, deve ser o carteiro.

Abro. Pergunto quem é: é a polícia.

Oi?

Tudo bem. Chega à porta e pergunta-me se o Sr. Barroso vive aqui. “Sim”. E se está. “Não”. Mostram-me uma fotografia dele, a conduzir, com barba. Sim, parece de Leste ou do Paquistão ou de outro sítio qualquer para esses lados, e com as últimas novidades daqui, isso não abona muito a favor dele.

Lá digo que sim, que é ele.

Ele diz-me que “o Sr. Barroso” tem uma multa por excesso de velocidade. Até aí já sabíamos. Eles mandaram uma carta a dizer isso. Mas não a dizer quanto a multa era, só a perguntar onde é que ele tinha nascido. Não consigo bem perceber a lógica, mas haverá alguma, com certeza.

Eu digo que respondemos à carta que nos mandaram, mas não pagámos porque não sabíamos o valor. Ele mostra-me o valor. E diz que sabe que ainda não nos mandaram o valor. E diz que vão mandar.

E foi isto. Assim como veio, foi-se.

E perguntam vocês: “Exactamente o que é que ele aí foi fazer?”

Ah, who knows…

Advertisements

One thought on “Polícia em casa.

  1. Mary tou a chorar a rirrrrrrrrrrrrrrr tou a imaginar-te a contar isto!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s