Algures no mundo

Foram-me ao bolso e eu gostei. Noruega.

Leave a comment

E pronto, há aquele dia em que a pessoa vai a um país para ser assaltada. Isso fomos nós este fim-de-semana quando decidimos ir à Noruega. Caro? Cara sou eu. Aquilo é para lá de qualquer balúrdio possível na terra. Ir ao mac, para duas pessoas, sem sobremesa, custou a pequena quantia de 23 euros. VINTE E TRÊS EUROS. E não me digam que é como a Suíça, que eu já lá fui, e não é. “Querida, quer respirar? Pague portagem”, foi assim que me senti. Mas adorei. E, por isso, valeu a pena.

Mas vamos lá começar pelo princípio. Aí há uns meses, ou semanas, nem sei, decidi ir a algum sítio nestes 3 dias. Vi voos, e este estava razoável e pimba, marquei e pensei: “Ah, boa, vamos aos Fjords”. Ahahaha. Ora, isto é mais ou menos o mesmo que dizer: “Ah, tenho 3 dias, vou marcar um voo para São Paulo e vou visitar a Amazónia”, ou “grande promoção de voo para Faro, vou ali 3 dias ao Gerês”, ou por aí adiante. Mas até há 2 semanas, quando vieram cá os vizinhos jantar, eu estava convencidíssima que ia aos Fjords. Guess what? Vais, vais. E pronto, quando a Inês confirmou que isso ia ser muito apertado, ficámos sem plano. Sem plano mais ou menos até ao dia em que aterrámos em Oslo e tínhamos a Inês como mega guia turística (que nos fez a papinha toda) e nos apresentou várias opções (às quais disse que sim a tudo, que odeio planear viagens).

Ah, como guia e como melhor anfitriã de sempre, entenda-se: chegámos e tínhamos queijo de azeitão e pastéis de bacalhau à nossa espera. Melhor do que isto é difícil. Comi mais ou menos 15, para relembrar os meus tempos de miúda.

Primeiro dia: Oslo. Passear por aí. Por todos os sítios, basicamente. Às vezes com uma chuva molha-tolos (e aqui ninguém é tolo, portanto nem guarda-chuva levámos, o que demostra que talvez não sejamos tolos, mas parvos devemos ser de certeza), às vezes com sol, às vezes com um bocado de vento…nada nos travou. Andámos, comemos crepes, pagámos bem, fomos a sítios com vistas bonitas. Tirámos fotografias. E pagámos bem. Chegámos a casa e ferrámos que no dia seguinte íamos ter que andar ainda mais (mal eu sabia, que já se passaram 2 ou 3 dias e ainda estou agarrada às pernas, sem me poder por de cócoras, tais são as dores. QUE MENINA!).

Dia dois: Gaustatoppen. Quase 3 horas de viagem de carro, mas valeu cada segundo, bem como cada euro que pagámos para subir no elevador até mais ou menos ao topo (mas descemos a pé, que calma, também não andamos a esbanjar). E não pensem que a descer “todos os Santos ajudam”, que quem inventou isso andava por descidas pequeninas. Aqui, minha gente, foi duro. Mas divertido. Mas duro (lá está, as minhas pernas ainda me lembram disso hoje mesmo!). Anyways, a paisagem é demais (lembra-me os Açores). É verdade que não nos lembrámos que iríamos para as montanhas, e talvez nem para a Noruega, portanto o Luís estava a gelar, mas faz uma pessoa mais rija (temos que ter um lado positivo, senão não seria agradável). Estava um frio “do catano”, para não dizer outra coisa. E era Agosto. E eu via blocos de gelo (não fui feita para isto). Ah, e ouvia: “isto está muito bom tempo para cá!”. Mas adiante. Eu fiz a subida 2 vezes, para que nenhum deles fosse sozinho, já que miúda teve que ficar, a certa altura, que era demasiado perigoso levá-la. Se caísse não ia ser agradável (já ter levado a máquina já foi “bem bom”, que fiquei com nódoas negras na cintura de tanto me bater lá enquanto trepava às pedras e dava saltos).

Dia três: sopas e descanso. E ver uma pista de saltos. E ir a um museu na rua (bendito sejas, cartão de jornalista, que me fazes entrar à borla nos sítios). Back home. Chegar cheia de malas e uma criança às 10 da noite ao aeroporto e ainda apanhar comboio e metro: somos os maiores, desculpem dizer. Nós e quem faz estas coisas.

Next stop: Portugal (incluíndo Açores). A miúda consegue ter mais países no cv do que meses, sorte a dela! E a nossa.

Inês, MIL OBRIGADAS! Foi demais.

We will be back. Com mais tempo, e da próxima para ir aos Fjords, ahaha.

(Agora que já escrevi um testamento, ficam as fotografias).

DSC_5857DSC_5863DSC_5869DSC_5880DSC_5892DSC_5903DSC_5926DSC_5927DSC_5948DSC_5967DSC_5982DSC_5990DSC_5992DSC_6005DSC_6007DSC_6014DSC_6017DSC_6018DSC_6026DSC_6032DSC_6039DSC_6045DSC_6077DSC_6086DSC_6088DSC_6097DSC_6098IMG_0154IMG_0155IMG_0156IMG_0161IMG_0162IMG_0163IMG_0166IMG_0167

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s